Atendendo a uma antiga reivindicação do vereador Marcos Papa (Cidadania), a Reforma Administrativa proposta pela Prefeitura incluirá a criação do Departamento de Mobilidade Urbana vinculado à Secretaria de Planejamento e Gestão Pública. Dividida em oito projetos, a Reforma deve ser votada na Câmara até o início de maio.

Presidente da Comissão Permanente de Meio Ambiente, Sustentabilidade e Mobilidade Urbana, Marcos Papa cobra da Prefeitura a criação de um Departamento de Mobilidade Urbana, desde o primeiro mandato, além de investimentos em mobilidade não motorizada, como a melhoria das calçadas e construção de ciclovias interligadas.

A criação do Departamento é um avanço para a nossa cidade. Para termos uma mobilidade urbana sustentável precisamos diversificar os modais de locomoção, priorizar pedestres, ciclistas, transporte público, transporte de cargas e, por último, o transporte individual, a fim de termos um equilíbrio ambiental, através de modais menos poluentes”, enfatizou o presidente da Comissão Permanente da Câmara.

E acrescentou: “Essa conquista também é do renomado ambientalista Fábio Feldmann. Esse querido amigo veio a Ribeirão, em 2010, quando era candidato ao Governo do Estado e essa proposta surgiu enquanto andávamos pelas ruas de Ribeirão, uma ideia inspiradora e vanguarda para 2010. Foram 11 anos de luta para ver essa ideia viger”.

Fábio Feldmann e Marcos Papa durante a campanha eleitoral de 2010

Para Papa, é fundamental que o Departamento tenha orçamento suficiente para tirar do papel projetos importantes, como o Plano Emergencial de Mobilidade Ativa. Indicado ao Executivo, em maio de 2020, o Plano destaca medidas adotadas em vários países para que a população possa se deslocar a pé de forma confortável, acessível e com segurança.

Também é fundamental que esse Departamento seja ocupado por um especialista, alguém que entenda de mobilidade urbana integrada ao planejamento urbano, incluindo a mobilidade não motorizada, transporte coletivo, sistema viário e urbanismo sustentável. Vamos fiscalizar e conferir se na prática o setor terá toda a força que a mobilidade urbana necessita para atender a população. Afinal, todos andamos a pé e a cidade precisa ter os fragmentos de ciclovias interligados”, frisou Papa.

Leia também:

Papa indica Plano Emergencial de Mobilidade durante Pandemia

Papa cobra qualificação ambiental e mobilidade ativa em obras

Marcos Papa fará visita técnica em referências mundiais de mobilidade

 

Deixe o seu Comentário

comentários