Presidente da Comissão Permanente de Meio Ambiente, Sustentabilidade e Mobilidade Urbana da Câmara de Ribeirão Preto, o vereador Marcos Papa (Cidadania) voltou a defender a criação de um protocolo integrado de prevenção e combate à incêndios no Município, durante a sessão da Câmara da última quinta-feira, dia 9 de setembro.

Há dias a qualidade do ar em Ribeirão Preto preocupa especialistas e populares. Papa aproveitou para convidar a população a participar da reunião pública que será realizada nesta quarta-feira, dia 15 de setembro, às 15h, na Câmara, para debater a qualidade do ar. O evento será híbrido, podendo ser acompanhado remotamente pela TV Câmara ou link de participação (inscreva-se aqui) ou presencialmente no plenário.

Cada órgão tem um protocolo de ação e a Prefeitura não faz um integrado. Não estão agindo sobre supervisão da Prefeitura. Sabemos que esse ano, por conta da estiagem estar mais severa, a região toda está pegando fogo. O assunto é sério, as consequências da inalação de tanta fumaça podem ser gravíssimas, por isso convido todos para participarem dessa discussão”, enfatizou o presidente da Comissão de Meio Ambiente.

O vereador também voltou a criticar o “raquitismo” da Secretaria de Meio Ambiente pela falta de protagonismo nas ações ambientais. “O prefeito apresentou a Lei de Diretrizes Orçamentárias desse ano sem R$ 1 para arborização. Vamos ver o que ele vai fazer na Lei de Orçamento, é o que estamos aguardando”, frisou, emendando que o chefe do Executivo foi convidado para a reunião do dia 15, assim como autoridades e especialistas.

Deixe o seu Comentário

comentários