Crítico ferrenho do sistema de transporte público de Ribeirão Preto, o vereador Marcos Papa (Cidadania) criticou a Prefeitura e o Consórcio PróUrbano pela greve dos motoristas de ônibus iniciada nesta segunda-feira (24). A categoria reivindica vacinação contra Covid-19 e pagamento do vale, que está atrasado desde o dia 20 de maio.

Após ligar para o secretário de Saúde, Papa anunciou, em primeira mão, ainda na manhã desta segunda que os motoristas serão vacinados na quarta-feira (26). Apesar de o Estado ter anunciado vacinação dos motoristas a partir do dia 18, as doses para a categoria chegaram no fim de semana. A Secretaria de Saúde se planejada para vaciná-los na sexta (28), mas devido a paralisação antecipou em dois dias as aplicações.

A crítica de Papa refere-se ao atraso no vale. O PróUrbano alega problemas financeiros em razão da queda na circulação de passageiros devido a pandemia.

Para o vereador, a Prefeitura é tão responsável quanto a concessionária por não auditar as planilhas do Consórcio Urbano da forma como prevê o contrato. “É o que eu sempre digo: quando não se faz a lição de casa dentro da rotina administrativa, na pandemia vira pandemônio”, atacou o parlamentar.

Assista o anúncio feito pelo vereador:

Assista entrevista concedida ao Grupo Thathi de Comunicação:

Deixe o seu Comentário

comentários