Com o objetivo de colaborar com o desenvolvimento de Ribeirão Preto de forma participativa, transparente e criativa, o vereador Marcos Papa (Rede) fez uma indicação ao Executivo sugerindo a realização de um concurso público nacional para o mobiliário urbano da cidade.

“A realização de um concurso público nacional colaborará com a organização, democratização e melhoria do espaço comum e com o reforço da identidade visual de Ribeirão Preto, que atualmente está encoberta por uma paisagem caótica, necessitando de uma linguagem unificada e organizada”, enfatizou Marcos Papa.

Para o vereador, criar uma identidade visual, trazer uma solução inovadora de mobiliário pode gerar benefícios para o turismo local, através da visibilidade nacional. Na indicação, datada de 11 de outubro, Marcos Papa mencionou declaração do arquiteto Fabiano Melo, do IAB (Instituto de Arquitetos do Brasil) da Paraíba (PB).

“Os quadros de funcionários das prefeituras não conseguem dar conta da demanda e o concurso é uma forma de se tirar esse trabalho de dentro das instituições. Outra vantagem é que as chances do projeto escolhido ser mesmo o melhor são maiores se a gama de opções é também maior, diferente de quando o órgão público designa um funcionário para fazer isso. Além desses pontos, a comissão julgadora pode ter pessoas de vários setores da sociedade, aumentando a democracia na tomada de decisões”, ressaltou Melo.

A indicação de Marcos Papa também pondera sobre as constantes revisões das Leis Complementares ao Plano Diretor de Ribeirão Preto, como o Plano de Mobilidade Urbana e Lei do Plano Viário, e a situação caótica que se encontram os mobiliários urbanos de Ribeirão Preto, incluindo os pontos de ônibus.

Concurso Público Nacional de Ideias para Elementos de Mobiliário Urbano da Cidade de São Paulo – 1º lugar projeto desenvolvido pelo Estúdio Módulo

 

Deixe o seu Comentário

comentários