quarta-feira, 21 de outubro de 2020
Home vereador Marcos Papa Covid-19: Lei de Papa dá transparência a número de leitos
Crédito da foto: Allan S.Ribeiro

Covid-19: Lei de Papa dá transparência a número de leitos

546

Destaque na imprensa local e regional, uma lei de autoria do vereador Marcos Papa (Cidadania) determina que todos os hospitais prestadores de serviços de Ribeirão Preto informem diariamente à Secretaria Municipal de Saúde (SMS) sobre a taxa de ocupação em leitos de CTI/UTI (Centro/Unidade de Terapia Intensiva).

A obrigação visa viabilizar a divulgação pública dos dados pela SMS para a cidade – divulgação que deve ocorrer diariamente, em horário e quais os canais e meios mais convenientes para receber as informações. A Lei Municipal n° 14.478 foi publicada no Diário Oficial do Município e está em vigor desde o dia 4 de junho de 2020.

Desde então os hospitais são obrigados a informar diariamente a SMS sobre número de pacientes suspeitos e confirmados de Covid-19 internados em Centros de Terapia Intensiva (CTI), número de pacientes suspeitos e confirmados de Covid-19 internados em Enfermaria; altas e óbitos de pacientes confirmados e suspeitos; total de pacientes já atendidos, recuperados e total de óbitos.

A Lei de Marcos Papa é fruto de discussões e análises conjuntas com um grupo de sanitaristas do Núcleo de Ribeirão Preto, do Centro Brasileiro de Estudos de Saúde, que vem estudando e acompanhando os números da Covid-19 no município.

“A Secretaria Municipal de Saúde relatava dificuldade em atualizar os dados de todos os prestadores de serviços diariamente e nós sabíamos da necessidade de alinhar os prestadores ao sistema de informações da gestão pública. Nossa lei deu transparência a esses dados e essa luz possibilita agilidade ao fluxo de informações, as tomadas de decisões e as ações estratégicas no combate ao Coronavírus”, ressaltou Papa.

Cumprida à risca?

Na última semana, o vereador Marcos Papa questionou a SMS sobre o cumprimento da Lei, por parte dos hospitais prestadores de serviços. O ofício foi enviado ao secretário Municipal de Saúde, Sandro Scarpelini, depois de o Portal Revide apontar conflitos entre os dados divulgados pela Prefeitura e pela plataforma LeitosCovid.org, atualizada em tempo real com base nas informações divulgadas pelos próprios hospitais.

Apesar de receber os números diretamente dos hospitais, graças a Lei de Papa, a Prefeitura replica os dados divulgados pelo Governo do Estado. Reportagem do Portal Revide, publicada em 1° de julho, mostra que o município possuía 156 leitos de CTI ocupados, segundo dados da Prefeitura. Dos 167 exclusivos, 11 estariam vagos. Ocupação de 93,4%. Já dos 250 leitos de Enfermaria, 205 estariam ocupados — 82% de lotação.

A reportagem da Revide informou também que, de acordo com o LeitosCovid.org, Ribeirão apresentava ocupação de 83,9% nos leitos de CTI, sendo 26 leitos vagos, e ocupação de 64,4% nos leitos de enfermaria, com 80 vagos. Na ocasião, a plataforma indicava que o município possuía, ao todo, 162 leitos exclusivos de CTI para Covid-19 e 225 de Enfermaria. Outra informação do LeitosCovid.org, que não era divulgada pela Prefeitura até o dia 1° de julho, era a quantidade de respiradores em uso. De acordo com a plataforma, 108 pessoas estavam respirando com a ajuda desses aparelhos na cidade.

Deixe o seu Comentário

comentários

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!