Final do ano está chegando e com junto ele os fogos de artifício, que rolarão soltos mais uma vez, prejudicando animais domésticos, animais silvestres, crianças, idosos e pessoas com deficiência. Temos relatos de vários casos de cães que fogem de casa ou se machucam na virada do ano. Isso sem contar aqueles que entram em pânico e sofrem durante a soltura de fogos.

Há anos venho lutando na Câmara para que esse assunto seja regulamentado. É simples: não precisamos proibir o espetáculo em si, basta proibir fogos de artifício que tenham estampidos. São bem-vindos o uso daqueles com luminosidade, alguns muito lindos, e assim fazer o que já foi feito em diversas cidades do país.

Protocolei o projeto de Lei para regulamentar esse uso, entendendo a necessidade dos comerciantes desse segmento em se adaptarem às novas regras, propondo, por exemplo, um prazo de carência para desova de seus estoques.

Por isso, a oportunidade de um novo mandato com uma nova configuração de vereadores me dará a oportunidade de levar adiante um tema de suma importância como esse. Conto com você na defesa dos nossos animais!

Deixe o seu Comentário

comentários