A Câmara de Ribeirão Preto aprovou, por unanimidade, na sessão remota desta terça-feira, dia 30 de março, um projeto de Lei, de autoria do vereador Marcos Papa (Cidadania), que determina divulgação diária do número de pacientes aguardando por leitos de UTI/CTI e de Enfermaria para tratamento da Covid-19 no município.

Na prática, o projeto amplia a Lei Municipal n° 14.478/20, também de autoria de Papa, que dá transparência aos números da pandemia no município ao divulgar, em tempo real, número de leitos disponíveis e ocupados em UTI/CTI e em Enfermaria Covid, respiradores em uso, casos confirmados, número de óbitos e de recuperados.

Por meio do site LeitosCovid.org, também são divulgados números de leitos disponíveis e ocupados em Enfermaria e em UTI por pacientes com outras doenças ou necessidades. Com a aprovação em plenário, Lei segue para sanção do chefe do Executivo.

Além de dar transparência a fila de espera, o projeto aprovado determina a divulgação também do quadro hospitalar: número de profissionais de Saúde em atuação em Ribeirão, número de profissionais afastados por contágio, número de afastados por exaustão, número de pedidos de demissão e número de profissionais de Saúde que estão em falta por unidade e/ou a necessidade de novas contratações.    

Queremos que Ribeirão Preto possa ter uma base de dados muito concreta, ampla, em tempo real, para que os gestores da Secretaria de Saúde tomem as decisões corretas, a sociedade seja comunicada e a cidade sofra o mínimo possível com essa pandemia”, frisou Marcos Papa durante o encaminhamento do projeto de Lei.

Por fim, o vereador acrescentou: “A sociedade precisa ter uma visão panorâmica do que é o tratamento da Covid dentro de uma enfermaria, dentro de uma UTI. Não é só leito. O Brasil vem tendo dificuldade em enfrentar essa pandemia porque o sistema de saúde está num estado caótico. Não é fácil recompor uma equipe desfalcada. Portanto, essas informações são importantes”.

Deixe o seu Comentário

comentários