A Câmara de Ribeirão Preto aprovou na sessão desta terça-feira (27) a abertura de uma CEE (Comissão Especial de Estudos) para acompanhar a situação de abandono do MIS (Museu da Imagem e do Som). A CEE foi proposta pelo vereador Marcos Papa (Rede).

Na justificativa do projeto, Marcos Papa ressaltou que o MIS recebeu nova sede em dezembro de 2016, mas que o novo endereço não chegou a ser aberto ao público -, apesar de a prefeitura ter permutado o imóvel, que fica na avenida Francisco Junqueira, reformado e adequado às novas Leis de Acessibilidade. A permuta foi aprovada pela Câmara.

“O MIS tem um acervo muito importante, porém, esse acervo está encaixotado e se deteriorando. A atual administração não levou adiante a mudança para a nova sede e é minha prerrogativa, como vereador, saber daqui para frente o que será feito tanto para que o prédio do município não continue se degradando como para que esse acervo riquíssimo seja preservado corretamente e fique à disposição do público”, enfatizou Marcos Papa.

A instalação da CEE do MIS será nesta quinta-feira (01/03), às 15 horas, na Sala das Comissões da Câmara. A comissão será presidida por Marcos Papa e terá como membros os vereadores Rodrigo Simões (PDT) e Dadinho (PR).

Ainda na justificativa do projeto, Papa destacou ter recebido informações de que o acervo está sendo sucateado devido à má conservação e que furtaram a fiação do prédio, que acomodaria o MIS a partir de meados de 2017, impedindo sua utilização.

“Foi feito um esforço fiscal pelo governo no ano passado, eu reconheço, mas a cidade está privada do necessário. Cultura não é supérfluo. Precisamos estimular as atividades culturais. Nossa alma precisa de cultura. O MIS tem a ver com a nossa identidade com o que o Ribeirão Preto já foi. Não podemos aceitar mais negligência”, concluiu.

A CEE foi divulgada pela imprensa:

Deixe o seu Comentário

comentários