Crédito da foto: Comunicação da Câmara

Proposta pelo vereador Marcos Papa (Rede), a CEE (Comissão Especial de Estudos) da Câmara, que avaliará as filas do SUS (Sistema Único de Saúde) no município, será instalada nesta terça-feira (10), às 15h, na Sala dos Vereadores.

Além de Papa, que foi relator da CPI da Saúde em 2016 e é o autor da Lei das Filas, a Comissão de Estudos também será composta pelos parlamentares Gláucia Berenice, Marinho Sampaio, André Trindade, Nelson das Placas e Elizeu Rocha.

Na reunião de instalação, os vereadores definirão o cronograma de trabalho da CEE, que deve contar com oitivas de profissionais da Saúde e usuários do SUS, solicitação de documentos, diligências e até mesmo uma auditoria das filas, como Papa defendeu na tribuna da Câmara.

“A atual administração atribui à pressa para instalação de um AME ao ‘gigantismo’ dessa fila, revelado pela minha lei e pelo relatório da CPI. Portanto, essa fila precisa ser auditada”, frisou.

Ainda segundo Papa, a CEE dará continuidade aos trabalhos da CPI da Saúde, que foi concluída no ano passado e cujo relatório final inspirou o atual governo a criar o Programa Saúde Digital.

“Queremos dar visibilidade aos elementos que podem ajudar a resolver ou a atrapalhar as filas do SUS. Vamos ouvir pessoas que utilizam a rede pública de saúde em Ribeirão, bem como trabalhadores, gestores e professores universitários que estudam o tema com profundidade. Estamos otimistas que esse trabalho nos dará excelentes resultados”, enfatizou Papa.

A proposta da CEE surgiu a partir de discussões com o Cebes (Centro Brasileiro de Estudos de Saúde), reforçadas durante um congresso realizado pela Associação Paulista de Saúde Pública, onde Marcos Papa apresentou os resultados da CPI da Saúde sob forma de trabalho científico e constatou a necessidade de aprofundar o tema.

Deixe o seu Comentário

comentários