Reunião da CEE do MIS. Crédito da foto: Aline Pereira / Comunicação da Câmara

Presidida pelo vereador Marcos Papa (Rede), a CEE (Comissão Especial de Estudos) do MIS, que acompanha o abandono da nova sede do Museu da Imagem e do Som, ouvirá profissionais de Cultura nesta quinta-feira (3), às 15h, na Sala das Comissões da Câmara.

Confirmaram presença: Michele Catolano, ex-diretora de Patrimônio Histórico e Cultural da Secretaria de Cultura, Sandra Abdalla, do Departamento de Patrimônio Cultural, Ruth Maciel, do MIS, e Maria Luiza Clapis, diretora do Museu Histórico e do Museu do Café.

Em depoimento à CEE do MIS, no dia 5 de abril, a secretária de Cultura, Isabella Pessotti, afirmou que uma comissão técnica estuda a possibilidade de o MIS ser instalado no Palácio Rio Branco e de o Arquivo Público ser acomodado em um prédio na avenida Francisco Junqueira, que foi permutado em 2016 para acomodar o museu.

Historiadores defendem que o MIS e o Arquivo Público funcionem no antigo Lar Santana. Para Marcos Papa, o imóvel histórico, que está situado na Vila Tibério, comportaria os dois importantes acervos.

Deixe o seu Comentário

comentários