A Câmara de Ribeirão Preto será palco para a cerimônia de premiação do Concurso “Se Essa Rua Fosse Minha?”, nesta quarta-feira, dia 9 de dezembro, a partir das 16h, no plenário. Organizado pelo IPCCIC (Instituto Paulista de Cidades Criativas e Identidades Culturais) e pelo Programa Ribeirão -3 Graus, o Concurso teve apoio da Comissão Permanente de Mobilidade Urbana da Câmara e do Instituto Ribeirão 2030.

O primeiro lugar foi para o projeto “Baixada Colaborativa – Reabilitação do corredor histórico de Ribeirão Preto” apresentado por Laura T. Ap. Machado, Alícia Geneviève da Silva e Ana Flávia Soares. Em segundo lugar ficou o projeto “Eixos: Rua São Sebastião e Rua Visconde de Inhaúma” elaborado por C. Yuri Hiasa e Felipe R. Matioli.

Apresentado por Tânia Maria Bulhões Figueira, Juliana Alves Felix da Silva, Jade Ferreira Francisco e Jorge Martins Junior, “Vila Tibério” ficou em terceiro lugar, seguido por “Rua José Bonifácio, Região Central”, “Jardim Progresso”, “Revitalização da Rua São Sebastião”, “Intervenção Urbana: Avenida Dom Pedro I” e “Avenida Marechal Costa e Silva”.

A cerimônia de premiação será presidida pelo vereador Marcos Papa (Cidadania), presidente da Comissão Permanente de Mobilidade da Câmara. O evento, que será híbrido com transmissão, ao vivo, pela TV Câmara e canais oficiais, contará com a presença de participantes e representantes das entidades organizadoras e apoiadoras.

O objetivo do “E se essa rua fosse minha? Cidade para pessoas e árvores: concurso de ideias para as ruas de Ribeirão Preto” foi estimular projetos e ideias de requalificação de vias públicas, favorecendo-se o uso destas pelos pedestres, ciclistas e árvores, como instrumento de transformação da paisagem urbana.

Deixe o seu Comentário

comentários