O vereador Marcos Papa (Rede) realizou uma visita técnica, nesta quinta-feira, dia 25 de julho, ao Centro de Monitoramento e Controle de Tráfego e Fotomultas de Medellín, conhecido como Sistema de Mobilidade Inteligente. Ao todo, são aproximadamente 2,5 mil câmeras conectadas ao painel de controle.

Além das câmeras de trânsito da Secretaria de Mobilidade da Prefeitura, o sistema abrange câmeras da Polícia de Medellín. “Apesar de a Polícia e os Bombeiros estarem em sedes diferentes, os sistemas de comunicação são inteligentes, são integrados. É o que eu digo em algumas situações vividas em Ribeirão Preto: não é mais um problema de tecnologia, é um problema de vontade política”, enfatizou Marcos Papa.

Ao todo, são 80 câmeras de monitoramento de trânsito das vias, sendo 70 de foto detecção – 40 fixas e 30 móveis -, além de 14 veículos que transitam pela cidade fazendo foto detecção de infrações. O monitoramento de trânsito tem seis critérios: velocidade, licença, vistoria mecânica, avançar semáforo, faixa pedestre e Pico i Placa, que é o rodízio.

“Muito interessantes os critérios de recursos. Eles são muito justos. Como têm muitas câmeras espalhadas pela cidade, eles sabem avaliar se foi uma infração intencional ou não. No caso de uma infração por velocidade, por exemplo, eles comparam: o veículo x passou pela câmera um, depois pela dois, depois pela câmera três, calculam a velocidade e o condutor é punido em todas. Já no caso de uma infração de rodízio o condutor recebe duas infrações, uma de manhã e uma a tarde”, especificou o parlamentar.

Marcos Papa também ressalta que a comunicação da população com o Centro de Monitoramento e Controle de Tráfego e Fotomultas de Medellín ocorre por meio de twitter (@sttmed) e tem indicadores de resolutividade em tempo real. “Em média, os problemas de trânsito são resolvidos em 21 minutos. Muito interessante o painel de indicadores em tempo real, sem dúvida um modelo a ser seguido, frisou.

Deixe o seu Comentário

comentários