“A Transerp confessa que retirou ônibus de 39 linhas sacrificando o usuário do transporte público. Tiraram ônibus sem avisar ninguém. Mais revoltante é saber que a Transerp fez isso para melhorar o equilíbrio financeiro do PróUrbano”. A declaração é do vereador Marcos Papa (Rede), que denunciou as alterações na tribuna da Câmara.

Em reposta a um requerimento de Marcos Papa, a Transerp especificou quais foram as 39 linhas alteradas e informou que apenas a linha “808 – Jardim Cristo Redentor” foi ampliada duas vezes nesse semestre (veja relação completa das alterações abaixo).

O vereador acrescentou: “Requerimento de nossa autoria deu voz às pessoas que reclamam que determinadas linhas estão com menos ônibus. Portanto, os ônibus estão mais lotados, muitas vezes passam sem parar desrespeitando o usuário. A Transerp respondeu que autorizou tirar ônibus das linhas para reequilibrar o contrato”.

Como a Transerp não enviou os estudos técnicos solicitados, Marcos Papa reiterou o pedido em novo requerimento. “A Transerp não nos apresentou estudos técnicos que comprovem que não está havendo prejuízo ao serviço e ao usuário do transporte público. Ou seja, a Prefeitura acredita no que o PróUrbano fala e o povo que se lixe”, atacou.

Resposta oficial

Segundo a Transerp, entre 2013 e 2018, “observou-se redução de 4,5% no número de passageiros transportados, aumento de 9,9% na quantidade de viagens integradas e elevação de 16,3% no volume de passageiros com isenção tarifária, o que resultou, ao longo desse período, numa retração de 15,4% no número de passageiros pagantes equivalentes”.

Diante dos reiterados decréscimos, ano a ano, no número de passageiros pagantes equivalentes, e com vistas a se restabelecer o equilíbrio econômico e financeiro do sistema de transporte coletivo municipal, condição necessária para garantir a continuidade da prestação de serviço, tal como dispõe o supracitado regulamento, em seu artigo 12, inciso VI, a Transerp avaliou, no âmbito da rede Ritmo, como ajustar os custos de produção dos serviços à sua correspondente receita tarifária, concluindo pela necessidade de se promover a devida racionalização do uso das frotas dos ônibus e micro-ônibus mediante adequação dos quadros de horários e dos intervalos de atendimento de determinadas linhas dos modais convencional e alimentador à flutuação dos níveis da demanda dos passageiros observada ao longo do dia e da semana”, alegou a Transerp em resposta oficial.

Por fim, a Transerp acrescenta que “tal decisão, adotada à luz do que preconiza o referido regulamento, e independentemente de solicitações do Consórcio PróUrbano operador do sistema, iniciaram-se, em julho último, os procedimentos para adequação da oferta de transporte à sua demanda, sem qualquer suspensão ou exclusão de linhas, sem qualquer alteração de itinerário, apenas e tão somente através de alguns ajustes nos quadros de horários das linhas abaixo relacionadas”.

Alterações

Julho/2019 – Ampliação do quadro de horários da linha: 808 – Jardim Cristo Redentor

Agosto/2019 – Adequação dos quadros de horários de 11 linhas (108 – Jardim Presidente Dutra; 136 – Castelo Branco/Adão do Carmo; 205 – Jardim João Rossi; 437 – Castelo Branco/Vila Amélia; 508 – Jardim Procópio; 580 – Jardim Alexandre Balbo; 608 – Jardim Amália; 680 – Jardim Orestes Lopes; 708 – Jardim Heitor Rigon; 780 – Parque dos Pinus; e 373 – Vila Abranches/Ipiranga);   

Setembro/2019 – Ampliação do quadro de horários da linha: 808 – Jardim Cristo Redentor

Setembro/2019 – Adequação dos quadros de horários de nove linhas (101 – Parque Avelino; 107 – Sumarezinho; 201 – Quintino II; 210 – Simioni; 206 – Vila Virgínia; 207 – Hospital das Clínicas; 301 – Avelino Palma; 310 – Quintino/Avelino; 37 – Pau D’Alho);

Outubro/2019 – Adequação dos quadros de horários de 19 linhas (208 – Vila Albertina; 302 – Jardim Aeroporto; 320 – Jardim Salgado Filho; 306 – Jardim Marchesi; 360 – Jardim Centenário; 308 – Marincek; 380 – Geraldo de Carvalho; 401 – Vila Carvalho; 406 – Jardim Maria da Graça; 460 – Parque Ribeirão; 407 – Jardim Paulo Gomes; 470 – Jardim Paiva; 501 – Higienópolis; 506 – Jardim Progresso; 607 – Jardim Eugênio Lopes; 670 – Jardim Jamil Cury; 43 – Portal dos Ipês; 45 – Vila do Ipê; e 55 – Royal Park).

https://youtu.be/Qn0LRD26oic