Um relatório que o vereador Marcos Papa (Rede) enviou ao Ministério Público, em 2014, com sugestões de medidas para aumentar o controle social da concessão do transporte público foi destacado em um artigo publicado na última sexta-feira (28), no blog Transparência Ativa, assinado pelo jornalista Cristiano Pavini, no A Cidade ON.

Dentre as sugestões elencadas no relatório está a promoção de transparência de todos os dados relacionados ao contrato, principalmente os financeiros. O artigo abordou a necessidade de a prefeitura dar transparência total aos valores que foram levados em consideração para que a tarifa de ônibus fosse reajustada de R$ 3,80 para R$ 3,95.

No relatório enviado ao MP, na época em que Marcos Papa era relator da primeira CPI do Transporte instalada no Legislativo, o vereador ainda defendeu a disponibilização dos dados relacionados ao contrato para fácil acesso, através da internet, a qualquer munícipe.

Deixe o seu Comentário

comentários